Museu do Holocausto de Curitiba

Community Museum

Primeiro Museu do Holocausto no Brasil, voltado a relembrar as vítimas e alertar as novas gerações sobre os perigos do ódio, da intolerância e do Racismo.

18:53
Hoje é Dia Nacional da Imigração Judaica! Poucos sabem, mas três grandes ondas migratórias, ao longo do Século XX, deram origem à comunidade judaica de Curitiba! A primeira, de 1889 a 1929, corresponde à chegada de judeus da Galícia austríaca, que se estabeleceram em colônias agrícolas. Outros grupos de imigrantes vieram das colônias fundadas no sul do país. Nos anos 1920, a América do Sul já se firmara como rota alternativa ao fechamento das fronteiras norte-americanas. Com a crise argentina, muitos judeus, especialmente poloneses e ucranianos, optaram pelo Brasil como novo país. É o auge da imigração judaica no país e o maior crescimento da comunidade curitibana. A segunda onda foi entre 1930 a 1945. Durante a Era Vargas, a maioria dos imigrantes judeus ainda vinha do Leste Europeu, mas já existia um contingente ocidental expressivo, formado por alemães e austríacos fugidos do nazismo. No fim de 1930, a política de nacionalização do Estado Novo estabeleceu um decreto de restrição imigratória. Logo, a terceira onda só ocorreu com o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, e seguiu até 1955. Muitos dos judeus que vieram para cá eram refugiados. Destes, dezenas passaram por campos de concentração e extermínio nazistas. O maior complexo estabelecido foi Auschwitz-Birkenau, pra onde cerca de 1.3 milhão de pessoas foram deportadas e a maioria morta. A RPC, afiliada da Globo no Paraná, produziu uma reportagem especial, com a ajuda do Museu do Holocausto de Curitiba, sobre a relação do estado com Auschwitz. Neste material, vocês vão conhecer as histórias de Sara Gelhorn e Sala Borowiak. #portodaavidavamoslembrar Descrição da imagem: vídeo. No início, a vinheta do programa “Meu Paraná”. Em seguida, a reportagem se inicia no Complexo de Auschwitz-Birkenau. Em seguida, o material foi coberto com imagens de arquivo, de familiares de vítimas do Holocausto e com cenas capturadas no Museu do Holocausto de Curitiba.
3 days ago
0:56
#tolerância
5 months ago